A agricultura é a principal fonte de renda em Angola e como resultado da seca a produção agrícola diminuiu em mais de 400 mil toneladas a nível nacional e um número estimado de 366.780 domicílios (1.833.900 de pessoas) são afectados em 10 das 18 províncias de acordo com o relatório da equipa de Coordenação Humanitária das Nações Unidas em Angola de 2014 (ONU). O número total de crianças gravemente desnutridas nas dez províncias afectadas relatado é estimado em 533 mil crianças.
O projecto de Agricultura e nutrição vem para contribuir na redução da pobreza, melhorando a segurança alimentar das famílias nas comunidades rurais e contribuir na redução do risco de mobilidade e mortalidade das crianças menores de 10 anos de idade e das mulheres jovens grávidas e mães antes durante e pós partos da província do Bengo, concretamente no município do Ambriz e propiciar o progresso pelo desenvolvimento integral das famílias rurais nas comunidades.
Este projecto é implementado pela Caritas de Angola em parceria com a PROMAICA (Promoção da Mulher Angolana na Igreja Católica), o projecto tem como objectivo específico introduzir a prática da Agricultura sustentável através de treinamentos realizados na comunidade; contribuir na melhoria da qualidade água; na alimentação das famílias e igualmente melhorar a saúde materno infantil ao uso de plantas medicinais e ao saneamento do meio em que habitam. Fortalecer a capacidade interna da caritas em técnicas de preparação do alimento alternativo, de fertilização e protecção dos solos no âmbito de segurança alimentar das famílias.
O projecto esta no fim da primeira fase da qual foi beneficiaria a comunidade do Tabi, cerca de 153 famílias habitantes das Localidades de Tabi (Nkonda) e esta prevista o arranque da segunda fase na Comuna de Bela Vista (Kipakassa).
Segundo o Administrador da comuna de Tabi Sr. Simão Gonga Mussunda. “O projecto constitui uma grande valia no seio da população de Konda e que foi com grande satisfação que recebemos as ferramentas necessárias no que concerne as técnicas de cultivos da mandioqueira e a utilização das técnicas do fabrico do adubo em líquido e composto”.
Para o Soba da região do Tabi, Senhor Paulo Sebastião: “a iniciativa da Caritas e da PROMAICA, vem diminuir as doenças sobretudo nas crianças; o tratamento na base de plantas tem tido bons resultados, pelo facto de termos verificado que as crianças que se encontravam com a má nutrição em estado aguda, estão gradualmente melhorando através do tratamento que tem feio na base da multi-mistura simples e composta”.

Share This