Os membros da 2ª regional da Caritas de Angola do qual fazem parte as Arqui/Diocesa de Malanje, Ndalatando e Uíge, reuniram-se nos dias 5 e 6 de Abril de 2013, na cidade do Malanje.

O seminário regional reuniu 32 participantes provenientes das Arqui/Dioceses de Ndalatando e Malanje, do qual destacam-se representantes de congregações religiosas membros de movimentos apostólicos. O seminário, subordinado ao tema “Missão e Estatutos da Caritas” enquadra-se no enquadra-se no âmbito do Plano Estratégico para o quinquénio 2013-2017, sobre a Divulgação e implementação monitorada nos documentos de orientação institucional

O programa da formação abordou quatro temáticas: O surgimento da Caritas como Instituição, Historia da Caritas de Angola, Estrutura funcional da Caritas e os Estautos da Caritas de Angola (Direitos e deveres dos membros da Caritas de Angola , órgãos sociais). Os participantes consideraram os temas propostos muito importante pelo facto ajudar a compreender o papel da Caritas dentro da Igreja Catolica e a compreensão do binómio Fé e Caridade como o suporte da nossa razão de ser, de agir e a utilidade da partilha de experiência como um dos elementos para a compreensão do papel do trabalho social dentro da Igreja e na Sociedade, destacou-se também a necessidade de se escrever a história da Angola.

Para a Senhora Maria José (Menina Maria) como carinhosamente é chamada referiu: “A Carita precisa adapta-se ao novo contexto politico e social que o país vive bem como aprofundar, conhecer, estudar e reflectir em conjunto sobre o trabalho da Caritas é importante para que possamos nos conhecer e juntarmos sinergias para o realizarmos um trabalho em equipa”

Já o representante da Caritas de Ndalatando Senhor Nicolau referiu “O estudo e a reflexão sobre a missão da Caritas chamou-nos a atenção a necessidade de dinamizarmos as Caritas a nível das Paroquias e das comunidades de base bem como apostar na formação do pessoal”

Os participantes ao encontro tiveram contactos com os Estatutos da Caritas de Angola e analisaram alguns artigos referentes aos direitos e deveres dos membros da Caritas, órgão sociais das Caritas.

A Caritas da Arquidiocese de Malanje, tem implementado projectos ligados a Alfabetização, Formação profissional (informática e corte costura), porém, para este ano a grande aposta é formar o pessoal das bases (capela, missões e paróquias).

No fim formação os participantes foram unanimes em concluir:

1.  A necessidade de envolver mais os párocos no trabalho da Caritas;

2. Realizar a Assembleia Diocesanao da Caritas

3. Formar o Conselho Diocesano da Caritas (órgão que reúne os representante das Caritas Paroquias;

4. Apostar na formação dos líderes comunitárioss;

5. Estabelecer a comunicação interna (Direcção Diocesna X Paroquia e vice versa)

6. Criar espaço de partilha das boas práticas a nível das paróquias no que concerne a a pastoral social dentro da igreja;;

7. A necessidade de implementar projectos nas comunidade e não  apenas na sede Arquidiocesana da Caritas;

 

Share This