Sob presidência do Bispo da Diocese do Lwena, Dom Jesus Tirso Blanco, decorreu na Arquidiocese do Huambo de 27 a 31 do mês de Agosto de 2014, a IV Assembleia da PROMAICA sob o lema: Mulher de ti Depende o Progresso da Humanidade.
Esta Assembleia contou com a presença de 181 participantes, de entre os quais, lideres da Promaica, Directores Espirituais, Assistentes Espirituais, vindos das seguintes Arquidioceses e Dioceses: Luanda, Malange, Huambo, Lubango, Saurimo, Mbanza Congo, Uíge Caxito, Viana, Sumbe, Benguela, Kuito, Menongue, Ondjiva, Namibe, Dundo, Lwena e Ndalatando.
Depois da análise e discussão dos temas agendados, esta Assembleia chegou as seguintes conclusões e recomendações:
1. Quanto a defesa da vida, os participantes consciencializaram que a vida é um bem que necessita de ser defendido desde a sua concepção. Condenam energicamente todos os mecanismos de mutilação da vida com maior realce a prática do aborto. Por isso, a mesma recomenda que se tome cada vez mais consciência da gravidade desta prática.
2. Quanto ao tema Firmeza na fé a Assembleia agradeceu as mulheres que lutam na perseverança da sua fé. A fé exige coragem, atitude, audácia ou acção. Quanto ao desafio das Seitas, outras religiões e relativismo religioso os participantes concluem e recomendam o estudo obrigatório das Sagradas Escrituras, do Catecismo da Igreja Católica, dos documentos da Igreja e o dever da Líder da PROMAICA ser ao mesmo tempo líder e catequista. Recomenda, por outro lado, a intensificação da oração nas famílias.
3. Quanto ao tema Família, novos desafios, a Assembleia consciencializou que a família é o laboratório da cultura de valores sociais e religiosos. Aquilo que se aprende no seio familiar serve para toda a vida. Por isso é necessário munir as famílias de ferramentas para que dela venha só o bem.
Os meios de Comunicação Social e as novas tecnologias de informação são um bem para o progresso da Humanidade. Tais meios exigem um conhecimento para se puder usar modestamente. Quanto aos novos desafios pelas quais a família passa, esta apontou a ma interpretação dos conteúdos de alguns programas radiofónicos e sobretudo televisivos e vídeos oferecidos pelas novas tecnologias de Comunicação Social como uma das causas que enfermam a estabilidade das famílias.
4. A obediência, o respeito, a lealdade, a verdade e santidade são virtudes que a família deve usufruir para a sua estabilidade. A Assembleia recomenda que cada líder da PROMAICA deve ser a evangelizadora destas virtudes na família e na comunidade.
5. A Assembleia rectificou e emendou alguns artigos dos Estatutos PROMAICA.
Fonte: Ceast

Share This