O Presidente da Confederação Internacionalis da Caritas, Cardeal Óscar Rodriguez Maradiaga, apelou ao fim das “trocidades” no Iraque e condenou a acção dos extremistas dos jihadistas, do estado Islâmico do Iraque e do Levante.
Os extremistas que se chamam a si próprio de Estado Islâmico, devem parar de infligir atrocidades aos seus irmãos e irmãs, todas as partes do conflito devem trabalhar para construir uma sociedade pacifica, em que todas as pessoas possam viver em paz, refere o responsável numa carta ao patriarca da Babilónia dos Caldeus, D. Luís Raphael I Sako e ao bispo Shlemon Warduni, presidente da Caritas do Iraque.
D. Óscar Rodriguez Maradiaga, cita o Papa Francisco para afirmar, “que não se vence a guerra com violência”
A Caritas Internacionalis “convida a construção de uma única família humana na qual ninguém tenha de morrer de fome ou de sede, nem perder a vida por causa do ódio e da violência”.
“Trabalhemos pela causa de uma única família humana que viva na paz e harmonia, na caridade e na justiça, conclui o Cardeal”
Fonte: Agência eclesia

Share This