O Ministério da Saúde de Angola (MINSA) levou a efeito, de 26 a 27 de março, em Luanda, o Workshop Nacional para aprovação da Política de Recursos Humanos da Saúde e de Consenso para a elaboração do Plano de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Saúde 2013 – 2025. O objetivo foi o de promover uma auscultação, reflexão e busca de consensos no que respeita ao planeamento, formação, administração, gestão e desenvolvimento de recursos humanos de saúde em Angola. No Workshop, estiveram presentes autoridades e órgãos estatais de saúde, centrais e descentralizados, representantes de múltiplas unidades de saúde, instituições académicas, organizações internacionais e da sociedade civil. O trabalho da FEC e da Caritas de Angola, e restantes parceiros, na área da formação permanente e desenvolvimento de RHS, foi apresentado neste evento. Esta é a terceira fase de formação com os gestores.
A formação enquadra-se no âmbito do projecto FORVIDA que tem a ver com a saúde materno-infantil, tendo em conta os objectivos do Milénio, que depois serão analisados em 2015, que tem haver com a taxa de mortalidade infantil e das mães. Este projecto também tem em vista combater ir ao encontro destes objectivos para colmatar e por isso é que agora vamos ver o antes e depois para ver qual foi o efeito que a formação teve.
O projecto termina em Maio com a entrega de diplomas e apresentação dos resultados dos seminários realizados.
O projecto começou em 2011 e termina 2014. A formação aconteceu em simultâneo nas províncias de Luanda, Benguela e Bié.

Share This