A Caritas de Angola em parceria com Banco Millennium Angola inauguraram, no dia 13 do mês em Curso em Cacuaco- diocese de Caxito, o centro de acolhimento Lar de Nazaré, das Irmãs Franciscanas Missionarias da Santíssima Trindade. O Corte da fita e do bolo foi feito, pelo presidente da Caritas diocesana de Caxito, Dom António Jaca e o Presidente do Banco Milénio, António Gaioso Henriques.
O Centro vai servir para acolher crianças órfãs e aquelas acusadas de feitiçaria pelos seus familiares. O Lar comporta quatro quartos, uma casa de banho, um refeitório, uma dispensa, uma cozinha e um gabinete. O centro vai albergar 30 crianças.
Dom António Jaca manifestou, sentimento de gratidão, de alegria por mais um ganho da diocese, “já se fazia sentir a necessidade de termos aqui um lugar digno para as crianças deste lar de Nazaré, estamos gratos pela iniciativa da Caritas de Angola e do Banco Millennium”, de acordo o bispo um dos grandes ganhos é a melhoria da qualidade de vida das crianças.
O presidente da Caritas diocesana de Caxito, agradeceu de modo particular a Caritas Nacional que supervisionou o projeco pela Caritas diocesana de Caxito, “ sendo serviço social da igreja Católica só colocou em prática aquilo que é sua missão”,
O prelado recomendou a Caritas, a estar sempre alerta com aquelas realidades mais difíceis e que possam fazer definitivamente com que o Acção Social da igreja Católica se estenda aquelas situações de crianças mais vulnerável.
De acordo com o Presidente do Banco Millennium, António Gaioso Henriques, o Banco decidiu ajudar na construção do Lar de Nazaré, porque entre os vários projectos que o banco tem um deles é de responsabilidade social, e também porque a crianças são as mais desprotegidas e necessitadas, no final agradeceu a parceria com a Caritas de Angola.
Segundo a responsável das Irmãs Franciscanas Missionarias da Santíssima Trindade, Irmã Generosa Canguya, o lar é um grande ganho para a comunidade, “damos graças a Deus que temos em angola homens com grande coração, que partilham seus bens com os mais necessitados, este lar foi um sonho de muitos anos”. A missionária disse por outro lado, que para a construção da casa, contou ainda com a ajuda da paróquia de Santa Isabel de Cacuaco, a fábrica da Vidrul e a Petrotec “Agradecemos a todos os bem feitores, porque sozinha não seriamos capazes”. Disse a responsável.
O projecto teve a duração de um ano e um mês, começou em Setembro de 2013, e terminou em Outubro de 2014.

Share This