Áreas de Intervenção

Para além da ajuda de emergência, área à qual é muitas vezes associada pelo papel que desempenhou durante o período da guerra, a Caritas de Angola intervém actualmente em diversas áreas, designadamente agricultura e desenvolvimento rural, alfabetização, educação e formação profissional, saúde (e mais recentemente também o VIH/SIDA) e advocacia social.

Saúde e VIH/SIDA (clique para ler mais)

Apesar do contexto actual de desenvolvimento do país e do bom desempenho económico dos últimos anos, os indicadores de saúde são ainda muito fracos. A rede de serviços públicos de saúde é insuficiente para cobrir as necessidades actuais da população e o número de recursos humanos da saúde qualificados é deficitário, faltando também competências e oportunidades de formação para os recursos humanos em exercício. A nível nacional, mas sobretudo nas zonas mais remotas, as Cáritas Diocesanas são proprietárias e responsáveis pela gestão de um número significativo de Unidades de Saúde.

A Cáritas de Angola integra o Programa Integrado de Saúde Materno Infantil o qual engloba as unidades de cuidados de saúde primários da Igreja Católica em Angola nas 19 Dioceses do país e tem como objectivo contribuir para a melhoria da qualidade de vida e o acesso aos cuidados de saúde, com destaque para a saúde materno-infantil. O Programa apresenta quatro eixos de intervenção: Reforço de competências; Infraestruturas; Saúde comunitária; e Capacitação institucional e advocacia.

A problemática do VIH/SIDA está a ter uma crescente importância na sociedade angolana. A Cáritas de Angola tem actuado na vertente da prevenção, da luta contra o estigma e no aconselhamento a pessoas infectadas e afectadas pelo vírus. Recentemente, a CEAST e a Cáritas de Angola constituíram a luta contra o VIH/SIDA como uma prioridade de trabalho.

Alfabetização e Formação profissional (clique para ler mais)

A qualidade do ensino é fraca, há ainda muitas crianças fora do sistema e o abandono escolar especialmente nas meninas ainda é uma realidade. É também um facto que existe uma elevada percentagem de população que não foi à escola, ou que tendo ido, não adquiriu os conhecimentos que gostaria para enfrentar os desafios da vida.

O desenvolvimento de Angola obriga a um grande esforço de qualificação ou requalificação profissional, sendo este um dos principais constrangimentos que o país enfrenta. A Cáritas de Angola possui experiência e projectos na área de alfabetização e formação profissional que visam colmatar exemplos? escolas que possui?

Agricultura e Desenvolvimento Rural (clique para ler mais)

O nível de incidência da pobreza é três vez superior nas áreas rurais comparativamente às zonas urbanas. Qualquer política de combate à pobreza, combate às assimetrias regionais e às migrações do campo para as grandes cidades deve prestar atenção às famílias camponesas.

A Cáritas de Angola tem uma experiência significativa nesta área e programas como a Plataforma para o Desenvolvimento Rural e Agricultura Sustentável tem contribuído para a melhoria das condições de vida nas zonas rurais.

Lavras, etc

Preparação e Mitigação para Desastres (clique para ler mais)

Durante muitos anos os angolanos associaram desastres e emergência ao fenómeno da guerra. A Cáritas tem, em todo o mundo e também em Angola, muita experiência no trabalho de resposta a desastres e emergência.

Desenvolver? Projectos actuais? deslocados?

Projectos

Contactos

Share This